Tosa de cachorro: higiênica, com tesoura, com máquina e mais

O processo de tosa de cães é muito importante, sendo não apenas um recurso estético, mas também um recurso que promove o bem-estar, a saúde e a higiene desses animais domésticos.

A tosa pode ser realizada tanto pelos próprios donos quanto pelos pet shops especializados, devendo ser sempre um processo que leve em consideração o conforto do animal, para que essa aparagem de pelos não cause um incômodo e não seja desagradável.

Tosa higiênica: como funciona?

Tosa de cachorro: higiênica, com tesoura, com máquina e mais

A tosa higiênica proporciona ao animal uma limpeza nas regiões do corpo que mais acumulam sujeiras, como, por exemplo, nas patas, nas orelhas, na barriga e nas regiões genitais. Esse tipo de tosa, além de contribuir para a higiene, ajuda na saúde dos animais, uma vez que preveni bactérias e fungos que podem estar nos pelos nas áreas corporais em que ocorrem a limpeza.

Porque o nariz do cachorro é gelado? Veja aqui!

Essa tosa deve ser realizada com a supervisão de um profissional, sendo disponibilizada nos serviços de pet shops. Além disso, é indicado que esta seja feita mensalmente para manter a higienização dos animais mais frequente. Porém, esse intervalo de tempo também deve levar em conta o comprimento dos pelos do cão e o clima em que o animal vive, assim, o tempo entre as tosas pode variar por conta desses fatores. Esta, então, deve ocorrer num intervalo menor com cachorros com pelagens grossas e maiores e em climas mais quentes e abafados.

Tosa da raça poodle

Tosa de cachorro: higiênica, com tesoura, com máquina e mais

Para algumas raças específicas, como poodle, que possui uma grande quantidade de pelos mais fofos, é necessário cuidados constantes para que estes não fiquem embolados e que, em climas quentes, o cão não sofra tanto com o calor. Além disso, quando a pelagem do poodle não é cuidada de maneira correta, esta pode provocar doenças de pele no animal. Dessa maneira, a tosa se torna um recurso que deve ser recorrente para essa raça.

Há uma variedade nos estilos de tosas para poodle, entre elas está a “tosa bebê”. Esta pode ser realizada com tesoura, o que facilita no processo para os cães que têm uma irritação na pele por conta das lâminas de máquina de tosa. Além disso, esse estilo tem como finalidade a redução no tamanho e na quantidade da pelagem, proporcionando um aspecto de filhote ao animal.

Há também a tosa no estilo “pompom” que consiste na remoção dos pelos da barriga, da cauda, da face e parte superior das pernas, deixando pelos maiores e mais fofos no tornozelo, no topo da cauda e no quadril. Na tosa com o estilo “Kennel”, os pelos são aparados na face, nas patas e na base da calda, já no topete, nas orelhas e na ponta do rabo, os pelos ficam um pouco mais compridos, formando pompons. Além dessas, também há a “tosa total”, em que todo o pelo é retirado pela máquina de tosa, sendo esta frequente na época do verão.

A tosa de cachorro com tesoura

Tosa de cachorro: higiênica, com tesoura, com máquina e mais

A tosa de cachorro com tesoura é um método utilizado nos pet shops, indicada para cachorros com pelagem mais curta. Nesse processo de tosa, um grande cuidado deve ser tomado para que os cães não corram o risco de serem machucados. É preciso, então, que haja um profissional qualificado para tal serviço.

Com essa tosa realizada de forma caseira, é necessário que se tenha o dobro de cuidado e responsabilidade para não causar nenhum desconforto para o animal. Na face do cachorro o ideal é aparar os pelos perto dos olhos que podem atrapalham a visão. Além disso, é preciso ter precaução para não tosar em excesso, uma vez que o pelo do animal é fundamental para proteção da pele.

A tosa de cachorro com máquina

Tosa de cachorro: higiênica, com tesoura, com máquina e mais

A tosa de cachorro com máquina é indicada para o aparo da região corporal dos cães, sendo indicada para cachorros muito peludos. Assim como a tesoura, esta ferramenta também é utilizada nos pet shops. Vale lembrar que existem algumas raças de cachorro, como é o caso do Labrador, em que não é necessário realizar a tosa constantemente.

Com a tosa feita em casa, é necessário tomar cuidado para não machucar a pele do animal com a lâmina da máquina. O movimento indicado é sempre de cima para baixo para não causar machucados na pele do cão.

Além disso, para uma segurança maior na utilização da máquina, é recomendado esterilizar as lâminas em água quente antes, garantindo a retirada de possíveis bactérias e sujeiras que entrariam em contato com o corpo do animal.

Preços

  • Normalmente, a tosa com a tesoura custa mais caro do que a opção com máquina nos pet shops. Os preços podem variar entre a raça e o porte do animal, sendo desde 40 reais a valores bem mais altos.

Dicas

  • Dê uma recompensa ao seu animal de estimação ao fim de uma tosa feita em casa, dessa maneira, este associará a tosa a algo positivo e ficará mais confortável durante o processo;
  • Escolha um local e um profissional de confiança;
  • Leve sempre o cão para o mesmo pet shop, pois o animal se costumará e não ficará estressado com um ambiente novo.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content