Como escolher a Ração Ideal para seu Cachorro

A alimentação é um dos principais fatores responsáveis pela boa saúde dos cães, por isso, eles precisam receber os nutrientes adequados nas diferentes fases da vida. Mas, com tantas opções disponíveis no mercado realmente fica difícil eleger a melhor ração para cachorro.

Apesar dos rótulos trazerem algumas informações básicas com relação ao porte e idade do cão, nem sempre isso é o bastante para fazer essa definição, até mesmo porque, existem rações de qualidade duvidosa e que  não oferecem a quantidade de nutrientes necessários.

Dicas para escolher a melhor ração de cachorro

cachorro comendo tipo de ração ideal

O correto é sempre falar com o veterinário, pois ele é o profissional que mais entende de cães, desse modo, poderá fazer uma indicação confiável.

Porém, é claro que você como tutor deve aprender alguns truques para escolher o alimento do seu melhor amigo. Portanto, entenda alguns pontos importantes que não podem ser ignorados no momento da compra.

Idade e porte do cão

Na realidade, essa é uma observação básica que deve ser feita. Cada etapa da vida do peludo deve receber uma determinada quantidade de nutrientes.

Além disso, algumas marcas ainda se preocupam com relação ao porte do cachorro, isso é importante, pois dentro desse parâmetro conta uma faixa de peso que deve ser avaliada para estipular a ingestão adequada de vitaminas e minerais.

Preste atenção nos ingredientes da ração

Existem rações de qualidade, outras nem tanto. Por isso, leia o rótulo.

Os ingredientes utilizados são listados na ordem de maior e menor proporção na fórmula, isso significa que os ingredientes em maior quantidade estarão no topo da lista.

Por exemplo:  Farelo de trigo, carboidratos, milho …… e lá no final carne, frango e peixes.

Isso quer dizer que essa ração tem poucas proteínas, isso não é muito positivo.

Avalie o estado de saúde do seu cão

Além de analisar idade e porte, a condição de saúde do seu amigo é essencial para saber se ele precisa de uma alimentação mais restrita. É o caso de cães diabéticos, com problemas renais, artrite, artrose e câncer.

Diante disso, é importante escolher a ração desenvolvida para cada situação em específico.

Ingredientes que uma boa ração de cachorro deve ter

Os cães precisam nutrir o seu organismo, pois assim como os humanos, eles podem ser acometidos por doenças derivadas de uma nutrição deficitária.

Os principais ingredientes de uma ração de qualidade são:

  • Vitaminas e Minerais – Na hora da escolha, fique atento as informações na embalagem. A ração precisa ter vitamina C e E, cálcio, ferro, zinco, selênio e manganês;
  • Proteína Animal – Fundamental para a boa saúde dos cães, portanto, a carne, frango ou peixe não podem faltar, inclusive devem ter uma boa proporção dentro do alimento;
  • Gorduras saudáveis – Ácidos graxos como ômega 3, linhaça, óleo de peixe, gordura de frango ou gordura de vaca. Esses itens são importantes para a saúde geral dos cães;
  • Grãos integrais e legumes – Algumas rações podem trazer a polpa de beterraba, cevada e arroz integral..

Evite:

Rações que contenham uma proporção muito grande de carboidratos com relação a proteína animal.

Além disso, embalagens que trazem ” subprodutos de carne” também indicam que aquela ração é de uma qualidade muito inferior.

A presença de muitos conservantes e corantes pode ser um alerta, então, na dúvida, não compre.

Como são classificadas as rações de cachorro?

As diversas lojas de PET espalhadas pelo País mostram que a indústria desse segmento é bastante variada, ou seja, existem tantas opções que os tutores se confundem.

Entre diferentes marcas, tipos e preços existe uma classificação usada que define a qualidade dos ingredientes usados nos produtos, veja:

  • Ração econômica – Preço muito baixo, algumas são vendidas a granel em pacotes grandes. Nesse caso, ela é rica em carboidrato e tem baixo teor de proteínas;
  • Standard – Tem uma qualidade nutricional intermediária, melhor do a versão econômica. Por isso, muitos tutores elegem ela para seus cães, porém, as proteínas contidas no alimento nem sempre vem de boas fontes;
  • Premium – Em termos nutricionais X preço é uma das melhores rações de cachorro, pois é rica em nutrientes e proteínas de qualidade;
  • Super Premium – Se destaca pelas proteínas de extrema qualidade, são livres de corantes, conservantes e grãos transgênicos. Essa é a opção mais indicada para seu pet, mas em alguns casos, o preço inviabiliza o seu uso.

Na hora de escolher a ração ideal para seu cachorro, pense na saúde do seu melhor amigo e também, na sua longevidade. Apostar em uma nutrição adequada vai afastar algumas doenças e permitir que ele viva com mais qualidade.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content