Microchip de identificação para Cachorros – Vale a Pena? Como Funciona?

Você já ouviu falar no microchip de identificação para cachorros? Apesar de não ser um procedimento muito difundido por aqui, o microchip par identificação já vem sendo bastante utilizado mundo a fora.

Mas você sabe o que é e como funciona o microchip de identificação para Cachorros? Neste artigo, vamos abordar o assunto mais a fundo, e te mostrar se vale ou não a pena fazer uso desse dispositivo. Continue a leitura e saiba mais.

Microchip de identificação para cachorros – o que é?

Primeiramente, é preciso entender o que é o microchip de identificação para cachorros para saber se ele vale a pena.

Em resumo, podemos dizer que ele nada mais é do que um sistema eletrônico bem pequeno, do tamanho de um grão de arroz, que pode ser implantado sob a pele do cachorro.

Apesar de não parecer, o procedimento não é nocivo, e pode ser feito sem ocasionar qualquer problema.

Além disso, o microchip de identificação para cachorros conta com um código exclusivo, que não pode ser alterado, o que ajuda na sua identificação.

Para que serve?

Apesar de ser usado especialmente para a identificação do animal, o microchip de identificação para cachorros possui outras funções.

Isto é, além dessa função mais básica, o microchip também auxiliar na localização do pet, sendo, inclusive, um item obrigatório em alguns lugares de Europa e Japão para que os donos possam leva-los em viagem.

Além disso, o sistema também vem sendo usado para assegurar a origem da raça. Ou seja, com ele, é possível impedir que falsificações de pedigree sejam feitas

Contudo, o sistema ainda é nova por aqui, e nem todos os donos de cachorros sabem da sua existência. Os que conhecem ainda apresentam um certo receio, por não saber como o sistema funciona.

Como funciona?

Assim como outros procedimentos, o microchip de identificação para cachorros deve ser feito por um veterinário.

Com isso, é possível garantir toda segurança durante o processo de aplicação, feito com uma seringa, semelhante à da vacina.

Dessa forma, por meio da seringa, o especialista realiza a introdução do microchip, próximo a nuca no animal. O procedimento é indolor, e pode ser realizado em a aplicação de anestesia.

Outro ponto importante é que o processo é realizado apenas uma vez, ou seja, não é necessário realizar novas implantações. O material, que além de não causar qualquer reação, pode durar, aproximadamente, 100 anos.

Mas será que realmente vale a pena usar o microchip de identificação para cachorros? Quais as vantagens que esse procedimento pode trazer para os donos de pet?

Vale a pena usar o microchip de identificação para cachorros?

Em geral, o benefício de utilizar o microchip de identificação para cachorros é que você pode localizar e identificar seu pet onde quer que ele esteja.

Isto é, o procedimento é um dos mais modernos na atualidade, e a tecnologia hoje utilizada é uma das melhores nesse ramo.

Além disso, é importante ressaltar que, diferente do que muitos acreditam, o processo é feito da forma menos invasiva possível. O microchip implantado é feito de um material compatível com o organismo do cachorro, e não representa nenhum risco a sua integridade.

Outro ponto importante a se destacar é que, através do microchip de identificação, você pode viajar mais tranquilamente para outros país, já que ele permite sua identificação de forma totalmente fácil e rápida.

Mas esses não são os únicos benefícios que o microchip de identificação para cachorros possui. Dentre eles, podemos citar:

  • O dispositivo não precisa de recarga, e só será ativado através de leitor;
  • O chip não pode ser perdido, por estar implantado sob a pele;
  • Não é preciso fazer qualquer tipo de manutenção;
  • Tem o seu funcionamento garantido por toda a vida do pet.

Contudo, apesar de todos esses benefícios, o microchip também conta com algumas desvantagens.

Exemplo disso é a falta de um banco de dados unificado no Brasil, fazendo com que você tenha uma certa dificuldade para realizar o cadastro.

Além disso, nem todas as clínicas veterinárias possuem esse serviço à disposição.

 

Entendeu como funciona o microchip de identificação para cachorros? Para outras dicas e recomendação sobre pets, confira outras dicas em nosso blog. Clique aqui e saiba mais!

Guilherme Montiel

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content